Como o Facebook se tornou a maior rede social

Que o Facebook é a maior rede social do mundo, não é segredo para ninguém. Aos poucos fomos substituindo redes antigas, como o Messenger, o Orkut e, ainda mais além, o ICQ, chegando a nem sequer nos lembrar delas.

Para as novas gerações, é como se o Facebook sempre houvesse sido gigante, mas nem sempre foi assim.

Mark Zuckerberg, fundador e CEO do Facebook, criou a maior rede social quando estava no começo dos seus vinte anos. Com uma ideia genial, mas uma atitude nem tanto assim, muitos se perguntam como o Facebook conseguiu chegar onde chegou?

Os segredos do sucesso não são definidos como uma receita de um bolo, mas podemos observar casos como o da Amazon, e agora do Facebook, e perceber atitudes que fizeram com que esses empreendedores chegassem onde chegaram.

A história do Facebook

O nascimento do Facebook se deu no ano de 2004, sendo criado a partir de uma ideia que Zuckerberg teve enquanto estudava Psicologia, na Universidade de Harvard.

Harvard é uma das maiores e mais bem conceituadas universidades do mundo, batendo de frente com Yale, Cambridge, Brown, entre outras.

Foi nesse ambiente competitivo que Zuckerberg, desde aquela época um gênio da computação, decidiu criar um programa que comparasse a aparência física das garotas da faculdade.

A ideia rapidamente se espalhou, com o nome “The Facebook”, alcançando diversas outras universidades nos Estados Unidos. Já no seu primeiro ano de lançamento, ainda restrito às universidades, a maior rede social do mundo contava com meio milhão de usuários.

Uma das grandes ideias revolucionárias de Zuckerberg foi a de manter a sua API (interface de programação de aplicações) aberta a desenvolvedores independentes. Isso significa que outras empresas poderiam se basear em seus códigos para criar seus próprios aplicativos.

O Facebook foi uma das primeiras empresas a fazer isso, permitindo que o site se renovasse conforme os desenvolvedores criavam jogos, enquetes, entre outros.

Como o Facebook se tornou a maior rede social

Mais de um milhão de desenvolvedores de 180 países já utilizaram a plataforma aberta para criar seus aplicativos e diferentes ferramentas. O Facebook acumula, ao todo, 2,13 bilhões de usuários cadastrados.

Apesar de não terem conseguido sobreviver seu atraso, tanto o Orkut quanto o MySpace também adotaram o mesmo plano de código aberto.

A comunicação com os usuários foi um dos maiores acertos do Facebook. A Web 2.0 trouxe uma nova necessidade do consumidor. O Facebook, desde seu início conturbado, buscou entregar a esse novo consumidor aquilo que queria: uma interação entre os usuários e empresas, usando as mais diversas formas, como texto, foto, vídeo, chat, etc.

Segundo Gilson Schwartz, professor da Universidade de São Paulo (USP), “O Facebook promove a convergência de tecnologias”.

Zuckerberg lidera hoje o topo das redes socias mais acessadas, em especial com o Facebook, mas também com Whatsapp e Instagram, também parte das suas posses.

O caso Facebook

O roubo de dados pessoais envolvendo o Facebook durante as campanhas que elegeram Donald Trump como presidente dos Estados Unidos foi um dos maiores escândalos já vistos na internet.

A maior rede social do mundo, liderada por Zuckerberg, teve de enfrentar o congresso dos Estados Unidos para explicar como 87 milhões de usuários tiveram seus dados utilizados para ajudar a campanha de Trump.

Ainda com um grande escândalo, em 2016, o Facebook segue liderando como a maior rede social.

A perspectiva brasileira

Assim como no restante do mundo, o Facebook é a rede social mais utilizada no Brasil, chegando a 127 milhões de usuários ativos, só no primeiro trimestre de 2018.

Assim como em grande parte das redes sociais, o Facebook é acessado 95% via mobile, analisando os usuários ativos da rede.

Ao entregar ao seu consumidor aquilo que ele estava procurando, e tendo analisado as mudanças de comportamento do consumidor, Zuckerberg conseguiu levar o Facebook ao topo, tornando-a a maior rede social do mundo.

E você, o que acha do sucesso do Facebook? Deixe um comentário aqui embaixo com a sua opinião ou deixe uma sugestão de tema para artigos! Sempre buscamos trazer o melhor conteúdo para você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *