Conheça a tecnologia VR

Por muito tempo a cultura pop utilizou a ideia futurista da realidade virtual para fazer filmes e desenhos animados.

Recentemente Steven Spielberg lançou um filme chamado Jogador Número 1, baseado no livro de mesmo nome do autor Ernest Cline.

Sempre bom em dirigir histórias dignas de um domingo à tarde, o diretor usou de centenas de referências da cultura pop para nos apresentar a um mundo do futuro, onde a realidade virtual faz mais parte da vida das pessoas do que a vida em si.

Com uma ideia parecida, e animação japonesa Sword Art Online, fala de jogadores de um Jogo em VR que ficam presos

O futuro está aqui

Ainda que talvez não da forma retratada nas telas, a realidade virtual, ou a VR, já existe e faz mais parte da nossa vida do que imaginamos.

A VR nada mais é do que um mundo digital completamente novo que pode ser alcançado através de um dispositivo, como um óculos.

Além de poder ver um mundo novo, os usuários podem ouvir e até mesmo tocar nos objetos presentes.

A interação com esse mundo é o que faz a realidade virtual tão interessante.

Usos de equipamentos de VR

Apesar de a grande parte dos equipamentos serem caros existem alguns dispositivos que, apesar já estão ganhando nome no mercado.

Um exemplo disso são os Standalone VR headsets, que numa tradução literal, seriam os óculos individuais de realidade virtual.

realidade virtual nos jogos

A Sony lançou o PlayStation VR, possibilitando os jogadores terem uma experiencia completamente nova.

O Facebook está para lançar o Oculus Go, um dispositivo que dispensa o uso de um outro aparelho para uso.

Além de prometer inovar,espera-se que esse equipamento seja mais barato, fazendo o uso de VR um pouco mais comum.

A polêmica

Como sempre, tudo que é novo traz também uma longa discussão, especialmente quando envolve máquinas.

O medo de que tudo o que conhecemos mude – algo óbvio, porém assustador para algumas pessoas – e se torne virtual é inconcebível para alguns.

É preciso visualizar casos já existentes em que a realidade virtual pôde fazer uma diferença real na vida de alguém, para que assim a discussão se torne mais aberta.

O caso de um bebê que foi salvo graças ao Google Cardboard VR é um exemplo vivo do quanto a realidade virtual pode fazer pelo nosso futuro.

O pequeno Teengan Lexcen nasceu com metade de seu coração e, apenas graças ao dispositivo de VR comprado por apenas 20 dólares, é que o menino pôde ter uma chance de sobreviver.

A tecnologia VR já expandiu suas aplicações e hoje é possível ver diversos outros usos para ela além dos jogos, como vimos no caso acima e veremos mais a seguir.

Unimersiv

Com intenções de provar que a VR não precisa ser apenas usada para jogos, a Unimersiv veio para inovar a educação.

Através de um óculos de VR, o usuário pode viajar no tempo para encarar de frente as pirâmides do Egito, visualizar com perfeição o Stonehenge ou até mesmo abrir um corpo humano para estudar seus órgãos ou esqueleto.

Realidade virtual na educação

Tudo isso sem sair da sua casa.

Compre um imóvel sem precisar visitá-lo

Através da VR, clientes que desejam adquirir um imóvel podem fazê-lo sem sair da sua casa.

Utilizando um dispositivo de realidade virtual, é possível caminhar pelo imóvel e visualizar todos os cômodos.

Depois disso, fica mais fácil ter uma ideia do imóvel antes de sair de casa e evitar uma viagem desnecessária.

Medicina

O caso do bebê que vimos anteriormente é um exemplo do que a realidade virtual pode fazer pela medicina.

Visualizando o corpo de um paciente sem precisar abrí-lo torna a vida de médicos mais fácil, sem contar a do paciente que não precisa passar por uma cirurgia desnecessária.

Vendas

Há cerca de dois anos atrás, a IKEA lançou sua showroom com realidade virtual onde usuários podem visualizar e modificar a decoração ao seu redor.

Dessa forma a empresa sueca oferece aos seus clientes a experiência de ter a decoração ao seu redor antes mesmo de comprá-la.

Podendo ver os objetos assim, a VR facilita aos usuários a visualização de como sua própria casa ficaria com eles.

Viagens

E porque não ter a noção de como um lugar é antes mesmo de viajar?

Para garantir que seus clientes, algumas agências turísticas já disponibilizam a realidade virtual do que verão ao realizar a viagem.

Um bom exemplo disso é o Google Streetview, que já se provou ser muito melhor que um simples mapa

A realidade virtual pode nos fazer pensar que estamos em um episódio de Black Mirror.

Ainda que pareça futurista e fictícia, a VR é um fato que não se pode mais negar ou ignorar.

Gostou do nosso artigo? Deixe um comentário com a sua opinião sobre a realidade virtual ou alguma pergunta!

Estamos sempre trabalhando para trazer conteúdo de qualidade para você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *