O dever da propaganda com as novas tecnologias mobile

Com as novas tecnologias mobile já disponíveis ou em processo de fabricação, cresce a responsabilidade das agências de publicidade em criar propaganda adaptável para os usuários de smartphones.

O mercado mobile cresceu exorbitantemente nos últimos anos. Uma pesquisa de 2017 revelou que dos 107,9 milhões de brasileiros conectados, 43% dos usuários usavam apenas o smartphone para acessar a internet. Esse número era de 20% em 2014.

A maioria dos consumidores procura telas maiores, o que também motiva as marcas de smartphones a entregar telas cada vez maiores aos usuários de ambas, Android e IOS.

Telas grandes em aparelhos pequenos

Foi a Apple, com o Iphone X, que lançou o conceito de Notch. A ideia era que o aparelho tivesse o tamanho natural, não muito maior que outros aparelhos, porém continuasse com a tela grande.

Isso é possível devido ao pequeno recorte no topo da tela do smartphone, que faz com que a tela do aparelho seja maior e sem bordas.

Desde o lançamento do novo Iphone, outras marcas como Asus, LG e Huawei também adotaram o conceito do Notch, chamado por alguns de “franja”.

Além do mais, o Iphone X introduziu novas ferramentas que facilitam o aumento da tela, como o reconhecimento facial para desbloquear o aparelho, sem a necessidade de um botão ou sensor de impressão digital.

Ainda que marcas como a Samsung esteja se recusando a aderir ao Notch, a tendência é que telas maiores em aparelhos menores sejam cada vez mais pedidos pelos usuários, fazendo com que até o preço dessas telas diminuam.

Os fabricantes que quiserem manter outros tipos de tela terão que arcar com os preços mais elevados. As novas tecnologias mobile continuam crescendo e se renovando.

Telas dobráveis

O Motorola V3 era febre no início dos anos 2000. Apesar do preço elevado para a época, era um aparelho celular muito desejado. Uma das grandes novidades era o fato de ser dobrável,o que inspirou outras marcas mais tarde a criarem o mesmo tipo de aparelho.

Especulações na internet estimam que a Samsung será a primeira a lançar um Smartphone com tela dobrável, mas é provável que eles só cheguem ao público em 2019 e com um preço bastante salgado.

A tela dobrável em um smartphone aumentaria o tamanho da tela, fazendo com que ele tivesse o tamanho normal de um aparelho de 4,5 polegadas enquanto fechado e, aberto, chegasse ao tamanho de um tablet pequeno.

Para os usuários que gostam de telas grandes para jogar ou assistir séries e filmes, a tela dobrável seria ideal pela discrição e tamanho.

Tecnologia 5G

Uma das novas tecnologias mobile que é muito esperada é a 5G. Apesar de não ser realmente nova, mas muito antecipada, espera-se que até o final de 2018 ou início de 2019 a tecnologia seja lançada.

Países como Coréia do Sul, China e Japão podem possivelmente ser os primeiros a lançarem, mas estima-se que a tecnologia só chegará ao Reino Unido em 2020 e só se espalhará ao resto do mundo em 2022 ou até mais tarde.

A grande diferença dessa nova tecnologia mobile é a velocidade. A 5G seria capaz de entregar uma velocidade de download 100 vezes mais rápida do que a 4G. Alguns rumores dizem que essa velocidade seria capaz de chegar em até 10 Gb por segundo.

Isso significaria baixar um filme em full HD em menos de 10 segundos.

Quando juntamos telas maiores, telas dobráveis e tecnologia rápida de internet móvel, abre-se um mundo de oportunidades para a publicidade. Com maior velocidade e uma tela maior, um usuário seria capaz de visualizar centenas de propagandas em segundos.

Mas isso não significa que isso deva acontecer!

As oportunidades de entregar propaganda aos usuários de smartphone são muitas. Os jogos mobile são grandes fabricantes de propaganda, onde muitas vezes o usuário precisa assistir um vídeo de 30 segundos apenas por ter passado de fase. Não é uma recompensa muito boa.

O uso das propagandas nos smartphones deve ser bem planejada e pensada. No caso dos jogos, uma boa forma de utilizá-las seria oferecendo ao usuário uma recompensa por escolher assistir ao comercial.

A publicidade precisam encontrar um meio termo entre fazer propaganda que os usuários queiram ver e entregar propagandas que sejam bem colocadas mesmo sem permissão do usuário.

O bônus das telas grandes oferece mais espaço para ser criativo com as propagandas, enquanto que a tecnologia 5G facilita o consumo dessas propagandas por ser mais rápida.

Em resumo, as novas tecnologias mobile oferecem uma oportunidade de criar propagandas mais ricas, com bom conteúdo e fáceis de serem acessadas pelas telas maiores. Porém é preciso encontrar um equilíbrio para que a propaganda não irrite os consumidores.

Como falado acima, os jogos com propagandas em demasia são constantemente mal avaliados nas lojas de aplicativos, por causarem aversão em seus usuários.

É necessário ter responsabilidade com as novas tecnologias mobile para que a publicidade não seja rechaçada por críticas e todos entendam seu papel no mundo tecnológico.

E você, o que acha dessas novas tecnologias mobile? Acredita que a publicidade deve ser mais responsável quanto à suas propagandas? Deixe um comentário aqui embaixo com a sua opinião!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *